Pin It

Ponta

O que é uma máquina virtual e como funciona?

Uma máquina virtual usa uma combinação de software e seu computador existente para emular computadores adicionais, tudo dentro de um dispositivo físico.

As máquinas virtuais fornecem a capacidade de emular um sistema operacional separado (o convidado) e, portanto, um computador separado, diretamente do sistema operacional existente (o host).

Essa instância independente aparece em sua própria janela e normalmente é isolada como um ambiente completamente autônomo, embora a interatividade entre guest e host seja frequentemente permitida para tarefas como transferências de arquivos.

Razões do dia-a-dia para usar uma máquina virtual

Há muitas razões pelas quais você pode querer executar uma VM, incluindo o desenvolvimento ou teste de software em várias plataformas sem realmente utilizar um segundo dispositivo.

Outra finalidade poderia ser obter acesso a aplicativos que são nativos de um sistema operacional diferente do seu. Um exemplo disso seria querer jogar um jogo exclusivo para o Windows  quando tudo o que você tem é um Mac.

Além disso, as VMs fornecem um nível de flexibilidade em termos de experimentação que nem sempre é viável em seu sistema operacional host principal.

A maioria dos softwares de VM permite que você tire instantâneos do sistema operacional convidado, ao qual você pode reverter posteriormente, caso algo dê errado, como arquivos-chave corrompidos ou até mesmo uma infecção por malware.

Por que as empresas podem usar máquinas virtuais

Em uma escala maior e não pessoal, muitas organizações implantam e mantêm várias máquinas virtuais. Em vez de ter um grande número de computadores individuais funcionando o tempo todo, as empresas optam por ter um monte de VMs hospedadas em um subconjunto muito menor de servidores poderosos, economizando dinheiro não apenas em espaço físico, mas também em eletricidade e manutenção.

Essas VMs podem ser controladas a partir de uma única interface administrativa e disponibilizadas aos funcionários a partir de suas próprias estações de trabalho remotas, geralmente distribuídas em vários locais geográficos.

Devido à natureza isolada das instâncias de máquina virtual, as empresas podem até mesmo permitir que os usuários acessem suas redes corporativas por meio dessa tecnologia em seus próprios computadores pessoais, aumentando a flexibilidade e a economia de custos.

O controle total é outra razão pela qual eles são uma alternativa atraente para os administradores, já que cada VM pode ser manipulada, iniciada e interrompida instantaneamente com apenas um clique do mouse ou entrada de linha de comando.

Junte isso com capacidade de monitoramento em tempo real e supervisão avançada de segurança e máquinas virtuais, tornando-se uma opção bastante viável.

Limitações Comuns de Máquinas Virtuais

Embora as VMs sejam certamente úteis, há limitações notáveis ​​que precisam ser compreendidas de antemão para que suas expectativas de desempenho sejam realistas.

Mesmo que o dispositivo que hospeda a VM contenha hardware potente, a própria instância virtual pode ser executada de forma significativamente mais lenta do que em seu próprio computador independente.

Os avanços no suporte de hardware nas VMs percorreram um longo caminho nos últimos anos, mas a verdade é que essa limitação nunca será completamente eliminada.

Outra limitação óbvia é o custo. Além das taxas associadas a alguns softwares de máquinas virtuais, a instalação e a execução de um sistema operacional – mesmo dentro de uma VM – ainda requer uma licença ou outro método de autenticação em algumas instâncias, dependendo do sistema operacional em questão.

Por exemplo, a execução de uma instância guest do Windows 10 requer uma chave de licença válida, da mesma forma que se você estivesse instalando o sistema operacional em um PC real.

Embora uma solução virtual seja geralmente mais barata na maioria dos casos do que ter que comprar máquinas físicas adicionais, os custos podem aumentar quando você precisar de um lançamento em grande escala.

Outras possíveis limitações a serem consideradas seriam a falta de suporte para determinados componentes de hardware, bem como possíveis restrições de rede.

Com tudo isso dito, contanto que você faça sua pesquisa e tenha expectativas realistas, a implementação de máquinas virtuais em sua casa ou ambiente de negócios pode ser uma verdadeira mudança no jogo.

Hypervisors e outros softwares de máquinas virtuais

Dependendo do tipo de computador host que você possui e de suas necessidades específicas, provavelmente existe um aplicativo de máquina virtual que pode ajudá-lo a atingir suas metas.

O software de VM baseado em aplicativos, comumente conhecido como hipervisor, vem em todos os formatos e tamanhos e geralmente é adaptado tanto para uso pessoal quanto comercial.






Clique para classificar este post!
[Total: 0 Average: 0]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
x
error: O conteúdo está protegido !!